Banco de Leite Humano recebe doações em São José

leite materno é importante para o desenvolvimento saudável de um bebê. O leite materno contém todos os nutrientes necessários para os primeiros meses de vida. Algumas mães conseguem produzir uma quantidade suficiente para alimentar mais de uma criança.

Em São José dos Campos, mulheres nessas condições podem beneficiar outras crianças. Para fazer isso é só entrar em contato com o Banco de Leite Humano do Hospital Municipal, que é mantido pela Prefeitura e gerenciado pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina). Basta ligar para o telefone 3901-3507, fazer o cadastro e agendar atendimento.

Localizado no Ambulatório da Mulher, a unidade especializada busca promover, proteger e apoiar o aleitamento materno. Lá são realizadas as atividades da coleta de leite, pasteurização e distribuição do produto.

Importância

“O leite materno possui todos os nutrientes e vitaminas que o bebê precisa, ele já é próprio para a amamentação, propiciando o crescimento saudável da criança, além de proteger de doenças, pois a mãe passa as primeiras imunidades para o neném”, explica a enfermeira Karen Mendes Borges, do Banco de Leite de São José, que é o único da cidade e referência para municípios vizinhos, atendendo o SUS (Sistema Único de Saúde) e a rede particular.

“Esse leite é doado para crianças que estão internadas na UTI neonatal, prematuros, bebês com menos de 2,5 quilos, que tenham alguma doença gastrointestinal ou com indicação médica para a necessidade do leite materno”, diz Karen.

Solidariedade

Nesta quarta-feira (19) é comemorado o Dia Mundial de Doação de Leite Humano. A data foi criada para incentivar e promover o aleitamento materno.

Quem doa garante a satisfação de poder alimentar outros bebês, como é o caso de Daniele Aline Rodrigues de Mano, mãe da Maria Letícia, de 8 meses. “Eu tinha muito leite e tinha que tirar para não empedrar e, consequentemente, dar mastite. Foi quando a minha irmã disse que eu poderia ser doadora e como meu leite salvaria muitas vidas. Isso me comoveu e senti um imenso desejo de doar.”

Daniele lembra que o ato de solidariedade traz felicidade para todas as pessoas. “A doação tem me ajudado no meu bem estar, de imaginar que estou ajudando a salvar vidas de outros bebês que, por algum motivo, a mãe não conseguiu amamentar.”

Banco de Leite Humano

Banco de Leite Humano fica na Rua Saigiro Nakamura, 540, Vila Industrial, ao lado do Hospital Municipal, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Atualmente, estão cadastradas 40 doadoras, e o estoque está adequado.

Para doar, a mãe precisa ter leite excedente, de forma que não prejudique a amamentação do próprio filho. A candidata à doação realiza uma série de exames para garantir que está apta.

A unidade entrega para a mulher um kit para a retirada do leite. É importante lembrar que a ordenha deve ser feita em local limpo, com mãos higienizadas, de forma que não haja nenhuma sujeira no alimento.

Durante a pandemia, os atendimentos ocorrem mediante agendamento. Em caso de sintomas da covid-19 ou contato com pacientes positivos, a doadora fica afastada da doação por 14 dias. Nesse período, ela deve continuar a massagear os seios e retirar o leite excedente para manter estimulada a produção do alimento.

Enfermeira Karen conferindo o estoque de leite – Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *